IBGE abre novo processo seletivo de nível fundamental com salário de até R$ 2.597

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu novo processo seletivo simplificado para a contratação de recenseadores (entenda o cargo abaixo). A oferta é de 45.656 vagas que não foram ocupadas na recente contratação realizada pelo órgão e há chances para os moradores da Serra. O cargo exige apenas que os candidatos tenham ensino fundamental completo.

-Continua após o anúncio-

O edital do processo seletivo foi publicado na manhã desta quinta-feira (9), no Diário Oficial da União. No entanto, mais detalhes sobre a quantidade de vagas disponíveis para cada cidade brasileira será informada nos próximos instantes, através do site do instituto.

As inscrições serão abertas às 11 horas desta quinta-feira e seguem até o dia 15 de junho. Desta vez, não há cobrança de taxa e os interessados devem se inscrever de forma on-line, também através do site do órgão.

Os contratados vão trabalhar no Censo Demográfico 2022 a partir de agosto. O edital afirma que o contrato é temporário e tem a duração de três meses, podendo receber prorrogação.

-Continua após o anúncio-

A remuneração é definida de acordo com a produtividade do selecionado. A jornada de trabalho mínima é de 25 horas semanais, além da participação integral e obrigatório no treinamento. Neste caso, o contratado recebe, de acordo com simulação feita pelo Jornal Tempo Novo, R$ 1.285. Já quem atuar por 50 horas semanais, receberá um salário de R$ 2.597.

Para se inscrever, basta acessar o site do IBGE (clique aqui). Vale ressaltar que as inscrições começam às 11 horas deste dia 9 de junho.

Veja o que faz o recenseador

  • Cumprir as orientações recebidas por meio do serviço de mensagens no seu dispositivo móvel de coleta;
  • Apresentar-se ao informante com o uniforme e o crachá de identificação fornecido pelo IBGE e o documento de identidade citado no crachá;
  • Assumir a responsabilidade pela segurança e uso adequado do equipamento eletrônico e acessórios fornecidos pelo IBGE para execução de seu trabalho;
  • Coletar, presencialmente e/ou por telefone, as informações do Censo Demográfico 2022 em todos os domicílios do setor censitário que lhe foi atribuído no âmbito da sua Área de Trabalho, registrando-as no dispositivo móvel de coleta, de acordo com as instruções recebidas e dentro do prazo para comparecer ao Posto de Coleta, conforme determinação do agente censitário municipal ou do agente censitário supervisor;
  • Manter o sigilo dos dados emitidos pelo informante;
  • Consultar relatórios diversos de acompanhamento de coleta no dispositivo móvel e sanar as eventuais pendências apontadas;
  • Zelar pelo bom uso de todos os materiais e equipamentos recebidos; devolver, ao fim do contrato, todos os materiais recebidos, garantindo que sejam devolvidos nas mesmas condições em que foram recebidos;
  • Entregar ao agente censitário municipal ou ao agente censitário supervisor o computador de mão com as entrevistas realizadas e outras informações coletadas, de acordo com as instruções recebidas;
  • Manter o supervisor informado sobre a coleta de dados no setor censitário, quando impossibilitado de comparecer ao Posto de Coleta;
  • Manter produção e padrão de qualidade adequados, cumprindo os índices de produtividade mensais estabelecidos pela Unidade Estadual;
  • Participar de treinamentos;
  • Preservar o sigilo das informações;
  • Reconhecer os limites e a área do setor censitário que lhe for designado, acompanhado pelo agente censitário municipal ou pelo agente censitário supervisor quando necessário, registrando as falhas e/ou inconsistências porventura encontradas na descrição dos limites;
  • Respeitar todo arcabouço legal e ético inerente à função, bem como denunciar todo e qualquer tipo de fraude;
  • Retornar aos domicílios recenseados para complementar as informações e/ou corrigir as falhas apontadas pela supervisão;
  • Manter-se atualizado acerca dos conceitos e procedimentos definidos para a coleta de dados;
  • Transmitir regularmente os dados das entrevistas coletadas e manter a versão de software atualizada no dispositivo móvel de coleta, de acordo com as instruções recebidas;
  • Seguir as medidas protocolares de prevenção e proteção à saúde determinadas pelo IBGE;
  • Utilizar os equipamentos de proteção individual (EPIs) distribuídos pelo IBGE e executar outras tarefas correlatas que lhe forem atribuídas por seus superiores hierárquicos.

Fonte: Portal Tempo Novo

Que bom que você chegou até aqui! O que você achou dessa publicação?
+1
2
+1
12
+1
1
+1
2